Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 17 de março de 2010

Para quem acha que "SAKUXEIO" é ruim ...

1 – Uma descrição do seu blog pelo autor J. Neto:
É um blog com minha opinião sobre fatos e eventos que acontecem no Brasil e no mundo.

Visite SakuXeio

2 – Quando começou a blogar e por quê?
Comecei a blogar em 2007. A intenção ao criar o blog era para responder às perguntas de clientes e amigos sobre temas relacionados ao mercado financeiro onde eu trabalho. Eles me perguntavam, por exemplo:
Como começo meu primeiro investimento no MF?
Quais são as empresas em que devo arriscar meu dinheiro?
Como o rumo da economia no Brasil pode afetar meus investimentos em ações?
Apesar de o SakuXeio não ser um blog profissional de finanças (e nem substitui um), pra eles era importante saber a opinião de quem vive e está ‘por dentro’ do MF. Creio que o que o blog correspondeu bem às expectativas deles, uma vez que eles sempre voltam lá.

3 – Como você desenvolve os textos, que ferramenta utiliza?
Para fazer revisões ou publicar, uso sempre o Google Docs.

4 – E o que te incentiva a manter o blog?
A minha intenção, no inicio, era escrever apenas sobre o que me dava prazer. Com o tempo, leitores enviavam-me e-mails para saber minha opinião sobre fatos de maior repercussão e polêmica, e acho que de algum modo me credenciei a falar sobre essas coisas. Já participei de muitos fóruns e, acredito que divergir para se chegar a um consenso em um grupo é bom e salutar. A divergência de opiniões das pessoas faz com que vejamos vários pontos de vista sobre um caso, e isso só agrega valor aos debates. Isso me incentiva a escrever.

5 – Lê outros blogs? Quais os assuntos que te interessam?
Leio blogs de amigos e portais. Dos assuntos que mais me interessam escrevo sempre uma resenha lá no SX.

7 – O Blog é direcionado a algum público especifico?
Por trabalhar no Mercado Financeiro, não há como não falar de novas empresas, de economia, finanças ou empreendimentos. Volta e meia estou falando disso lá no blog, e creio que as pessoas que vão lá são as que se identificam com esses assuntos.

8 – Qual post seu teve o maior acesso? Você ficou satisfeito?
Quando criei uma campanha de alerta às pessoas contra os políticos fichas sujas, a receptividade dos internautas foi tão grande que o post ficou como um dos mais acessados até hoje. Isto, entretanto, mostrou que a nossa sociedade está indignada e cansada de lero-lero dos políticos, quer ver mudanças de verdade no país e quer ver mais ética por parte das pessoas que comandam lá.

9 – Para você o que está faltando na Blogosfera atualmente?
Os blogueiros, hoje, são formadores de opiniões. Nos EUA, os blogs já são importantes o suficiente para eleger (ou não) até um candidato a presidência. Aqui no Brasil, acredito que é apenas uma questão de tempo para que essa plataforma se consolide na mídia. Já existem muitas ‘cabeças pensantes’ escrevendo conteúdo bom e relevante na blogosfera… Foi o primeiro passo.

10 – Com uma frase, diga o que pensa sobre:
a) Blogosfera
É uma rede de amigos virtuais espalhados pelo mundo, trocando soluções, experiências e fazendo negócios uns com os outros não importando mais o lugar.

b) Monetização
Eu acho que qualquer blogueiro que ganha dinheiro com seu blog deve declarar isso sem medo. A monetização é um caminho natural. A discussão sobre lucrar ou não com anúncios em blogs já foi encerrada. O SakuXeio é monetizado e eu penso que fazer o que gosta ganhando dindin dá ainda mais prazer em fazer. É salutar.

c) Plagio
Não plagiar e não copiar os outros é uma questão da consciência de cada um, mas eu sou totalmente contra quem copia, e não dá os devidos créditos ao autor.

d) Redes Sociais
É o futuro da web. E ficará ainda melhor quando pudermos nos conectar, não só de aparelhos celulares, mas também de um lápis, de uma geladeira, de um porta-retrato…

e) Brasil
É um país adulto que caminha lento para a maturidade.

f) Autor do SakuXeio
Uma pessoa tranqüila, comunicativa e espontânea. Como sempre digo: um adepto do lema “KISS”, ou seja, adoro coisas simples na vida.

Você assina e autoriza a publicação dessa entrevista?
Assino. Pode publicar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário